Mostrar mensagens com a etiqueta Love. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Love. Mostrar todas as mensagens

13 fevereiro 2017

Aquela altura do ano em que escrevo sobre "Amor" no blog
Acho, cada vez mais, que as pessoas estão completamente erradas sobre o que é o "Amor".

Nós vivemos numa era em que conhecer novas pessoas é a coisa mais simples do mundo, temos as sms, todas as redes sociais, e redes sociais específicas para conhecer novas pessoas e outras tantas para trair as pessoas com quem estamos (a sério, é ridículo).

Quase ninguém se consegue dar verdadeiramente a outra pessoa sem ter milhares de dúvidas a rondar a cabeça. O facto de vivermos na era das redes sociais e o facto de nos cingirmos ao "Romance de Cinema" que é, obviamente e para quem não notou, falso, criado de forma a ser o que desejamos que o Romance seja e não o que é na realidade, faz com que entrar numa relação seja "um bicho de sete cabeças".

Existem muitas pessoas que acham que estar numa relação é encontrar "A pessoa" ( 1 no universo não é? ), e a partir daí a vida transforma-se num mar de rosas e tudo é lindo e perfeito e maravilhoso e não há nada melhor no mundo, certo? Errado.

Como TUDO na vida, tem de se lutar e trabalhar para manter uma relação boa e saudável. Essa pessoa, "a tal", é perfeita para ti quando dá tudo por ti e tu dás tudo por ela!

É por isso que encontrar essa pessoa perfeita parece ser mesmo difícil, uma no universo, porque, para além de já ser difícil encontrarmos alguém que consiga retribuir o mesmo tipo de sentimentos na mesma altura que nós, não existe ninguém que esteja "disponível" para ser dar completamente, e assim ninguém consegue confiar completamente, ninguém consegue amar completamente.

Eu ainda sou daquelas poucas pessoas que quando entra numa relação é para ficar. Não penso no futuro daqui a meia hora, se vou estar ou não com essa pessoa. Penso em que quero dar tudo, aqui e agora, e que quero ficar com essa pessoa para sempre, aqui e agora, e é só isso que interessa, e é só isso que devia interessar.

Para quem tem namorado, Feliz dia dos namorados, amem-se muito Por Favor!
Para quem não tem, espero que encontrem a "vossa pessoa" em breve, até lá amem-se muito a vocês mesmos, é o mais importante!

14 fevereiro 2016

English I've talked to you about LOVE once or twice. I felt it, I love it!

Some days ago I read an article that said that Love doesn't hurt and Love shouldn't hurt. (If you find yourself in a abusive (mental or physically) relationship that's not a healthy kind of Love) BUT Love hurts and Love should hurt. Why? Because if you Love someone you want their happiness above all else, you feel their pain, you care for their well-being, it's inevitable, but it's a good kind of hurt.

Caring for someone other than yourself is such a good feeling and it makes me feel more of a human (& less of a robot ahah).
Love is loving every little detail, it's wanting the very best for the person you love, it's smiling when thinking about them, it's not about making promises but about giving your all every day without being asked to.
Being in love doesn't imply having this feeling only with your girlfriend/boyfriend, friends and family can also be included. Spread the love, why won't you?

Happy Valentine's Day, babes!

03 julho 2015

English A few days ago, a friend of mine told me in the shyer way possible: "I've met a boy yesterday". I saw instantly in her eyes that this wasn't any kind of boy. She isn't the kind of girl that falls in love, actually she never fell in love, not ever. She was always afraid of being hurt so she never gave boys any chance and she was always focusing on herself.

But a couple of days ago she changed! She stopped paying attention to the boys around her and just payed attention to one! You don't know how much she me made proud. I've always being saying to her that the right one would come when she least expected and she would feel things she never felt before.

She was so scared... she is always thinking about him, she wants to be with him all the time, she's scared and happy, at the same time. Her stomach feels funny, she feels weak and strong. She asked me that day: "WHAT THE HELL IS GOING ON?"

Every time I talked about my crush she always looked at me like I was on drugs. But now she knows exactly what I've been talking about.
"MARIA...But he's not my kind of boy... I don't understand!"
She always had the idea that her IDEAL boy was someone tall and strong, and this guy is the opposity and that really confused her. But the truth is that you don't have a type of girl or boy, you have that one special person, that person is your type, and that person alone. I don't like tall or small or fat or skinny boys, I don't have a type, I just like a boy, and even if he changes his appearance I would still love him. 
"MARIA...He has the most amazing eyes, and his laugh... omg!"
Ok, now wait a second! MY guy has the most amazing eyes and the most beautiful laugh, what the f*** are you talking about?

It's really common that your crush is going to be, to you, the most amazing human being in the whole universe. Everything about him is perfect and there's no way you can not find yourself smiling when thinking about him.
"MARIA...He's right there... I feel so week, my stomach is feeling funny!"
One thing that happened to me, and that never happened before, was that one day I was with my crush and I wanted to tell him that it was time to go, and I touched his face and he moved a bit closer to me and stared at me with his gorgeous eyes and I found myself speechless, I couldn't talk, I felt so weak and I needed to give a step back away from him so I could pull myself together and find the strength to make a sentence. Yep, he has that much power!

I think that's settled, right? We can't help ourselves and in a blink of an eye we transform into the most romantic fools on earth.

How do you behave when you're in love?
Português Alguns dias atrás uma amiga disse-me na forma mais envergonhada possível "Eu ontem conheci um rapaz". Vi logo, na forma como falou, que não era um rapaz qualquer. Ela não é o tipo de rapariga que se apaixona, aliás, ela nunca se apaixonou. O medo de se magoar fazia com que ela se focasse mais nela do que em rapazes.

Mas há uns dias atrás ela mudou! Deixou de prestar atenção aos rapazes que a rodeiavam e começou-se a focar apenas num. Não estão bem a ver como estou orgulhosa nela. Eu sempre lhe disse que essa pessoa iria aparecer inesperadamente e que ela iria sentir coisas que nunca sentiu na vida, e que achava que nunca iria sentir.

Ela estava tão assustada... Está sempre a pensar nele, a querer estar com ele, está numa montanha russa de emoções, ora está triste, ora está feliz. Está a sentir o estômago todo às voltas e tanto se sente fraca como se sente forte. E nesse dia perguntou-me: "MAS QUE RAIO ME ESTÁ A ACONTECER?"

Sempre que eu falava sobre a minha paixão ela olhava para mim como se eu andasse nas drogas. Mas agora, finalmente, ela sabe exactamente o que raio eu andava a sentir.

"MARIA, mas ele nem é o tipo de rapaz que eu gosto... não percebo!"
Ela sempre achou que o tipo de rapaz dela seria um rapaz alto e forte, mas este é completamente o oposto, e isso está-lhe a fazer imensa confusão! Mas a verdade é que não há um tipo de rapaz ou rapariga que possamos gostar, existe essa pessoa especial, e essa pessoa é o vosso "tipo", só ela!
O meu "tipo de rapaz" não é alto, nem baixo, nem magro, nem gordo, é ele, e mesmo que mudasse a aparência iria continuar a gostar dele da mesma maneira. 
"MARIA, ele tem os olhos mais bonitos... e aquele sorriso!!!"
Não, não! Pára tudo! A minha paixão é que tem os olhos mais bonitos do universo e o sorriso mais perfeito! O que raio andas para aí a dizer?

É completamente normal que a vossa paixão seja para vocês a pessoa mais especial e perfeita do universo. Tudo nele é perfeito e não há maneira possível que não te encontres de vez em quando a soltar um sorriso só pelo simples facto de estares a pensar nele.

"MARIA, ele está ali... estou-me a sentir tão fraca... e o meu estômago anda às voltas!"
Uma coisa que me aconteceu, e que nunca me tinha acontecido, foi que um dia estava com ele e queria-lhe dizer uma coisa e toquei na cara dele e quando comecei a falar ele aproximou-se mais de mim e olhou-me com aqueles olhos lindos de morrer e eu fiquei sem palavras, simplesmente não conseguia falar, sentia as minhas pernas fracas e tive mesmo de dar um passo atrás para me tentar recompor e tentar formular uma frase. Sim, ele tem esse poder todo!

Acho que podemos admitir que nos tornamos nas pessoas mais tolinhas e apaixonadas por aquela pessoa especial, e por vezes não basta muito para nos apaixonar-mos completamente e desesperadamente.

E depois deste paleio todo queria a vossa ajuda! Como sabem eu adoro fazer vídeos para vocês e queria fazer um vídeo sobre este tema, sobre o que sentimos quando estamos apaixonadas/os.

Claro que vai ser um vídeo super tolinho, como sempre, e se me quiserem ajudar deixem um comentário a responder à seguinte pergunta: Como é que tu ages quando estás apaixonada/o?

Podes comentar em anônimo se tiveres vergonha de te expores.

LOVE YOU!

14 fevereiro 2015

Hello, hello! Valentine's Day is here.

Although I think a couple should celebrate their love everyday, I'm not going to criticize people who celebrate it on February 14th, all we need is to share the love, in one way or another.

Love isn't always kind but it is without a doubt a magical thing.

When you love someone you want their happiness, even if it means putting yours in second place. Love is patient, and love understands, always. Love means to forget your pride. Love is a partnership between a couple. Is wanting to do everything with them, and share everything.
Find someone you can trust, that would never give you up and that won't ever stop trying.
But remember that this is a journey that you share with other people (friends and family also count) and you have to give the same amount of love as you receive.

Have you found your perfect someone? How are you going to spend day?